Psicomotricidade, o que é?

.

Psicomotricidade é uma área de estudo, pesquisa, observação e intervenção do movimento corporal como mediador entre os mundos internos e externos do Ser Humano.

 

Logo mais abaixo, 2 vídeos sobre definição e conceito de Psicomotricidade para nossos estudos e reflexões. Confira!!!

 

A Psicomotricidade estuda e pesquisa a relação dos Mundos Interno e Externo do Ser Humano, tendo como principal foco de observação o Corpo Humano e este Corpo em Movimento.

Além de estudar e pesquisar, a Psicomotricidade tem no Movimento Corporal a sua principal estratégia de intervenção (no sentido de fora para dentro; do mundo externo para o Mundo Interno; das propostas de atividades psicomotoras do Profissional “para dentro” de seu Aluno ou Assistido)

E além de estudar, pesquisar e a intervenção, a Psicomotricidade vê o Movimento Corporal como Movimento Expressivo ou Simbólico (no sentido de dentro para fora; do mundo interno para o Mundo Externo; refere-se à linguagem corporal), ou seja, como uma linguagem verbal e não-verbal que expressa conteúdos conscientes e inconscientes do Indivíduo que se expressa.

Aqui é que entra a importante postura do Profissional em observar os seus Alunos ou Assistidos para buscar compreender os significados destes Movimentos Expressivos ou Movimentos Simbólicos, para melhor compreender Indivíduo que é o seu Aluno ou Assistido, para consequentemente, melhor poder fomentar o seu Desenvolvimento Integral ou Individuação.

As palavras chave da Psicomotricidade são:

RELAÇÃO; MUNDOS INTERNO E EXTERNO DO SER HUMANO; CORPO HUMANO EM MOVIMENTO, ESTRATÉGIA DE INTERVENÇÃO E MOVIMENTO EXPRESSIVO OU SIMBÓLICO.

Obs.: Muito não se valoriza a Psicomotricidade devido a falta de entendimento da primeira palavra chave: RELAÇÃO. Não se consegue entender a RELAÇÃO entre o Movimento Corporal como estratégia de intervenção e as TRANSFORMAÇÕES, principalmente PSÍQUICAS, que ela pode provocar, se trabalhada dento de um CONTEXTO coerente, consistente e em sinergia, como no caso de um MÉTODO PSICOMOTOR.

 

 

O Corpo humano é a porção mais “concreta” que podemos perceber do Ser Humano, então ele se torna um importante ponto de partida para o conhecimento de coisas que podemos conhecer por meios indiretos, isto é, pelas suas expressões corporais verbais e não verbais.

Em outras palavras, podemos dizer, de forma geral, que não podemos ainda perceber os pensamentos de outra pessoa a menos que ela nos diga o que está pensando, ou, a não ser que consigamos compreender sua linguagem corporal que expressa, dentre outras coisas, esse pensamento através de seu corpo e de seus movimentos corporais, como nas suas expressões faciais, gestos, escritas e falas.

Podemos perceber os pensamentos, emoções e a cultura de uma pessoa por outras vias, como por exemplo pela intuição, mas sem dúvida, para a grande maioria das pessoas, o que é mais perceptível vem do corpo e esse corpo em movimento.

 

 

Mas quando nos referimos ao Ser Humano, não estamos nos referindo somente ao corpo biológico ou ao conjunto inanimado de células, órgãos e sistemas como o circulatório e nervoso, por exemplo, mas estamos nos referindo à Totalidade do Ser Humano ou Indivíduo que se expressa através desse corpo, que anima este corpo.

Em outras palavras, podemos dizer que, um Indivíduo em sua Totalidade só se torna parcialmente visível aos nossos sentidos porque ele se expressa através de um corpo biológico.

Uma porção mais etérea ou psíquica deste Indivíduo que temos mais facilidade em conhecer é aquela que se trata da personalidade consciente deste indivíduo, ou Ego ou Eu, como também nos acostumamos a dizer.

O Ego é um complexo que agrupa em si uma série de representações, vivências e imagens, que expressa um certo padrão cultural interno, que caracterizam a personalidade de uma pessoa. 

uma maneira de representarmos o Indivíduo

Por “Pessoa” entendemos esse Sistema “Ego-Corpo”, que também poderíamos chamar de Eu-Estou, em contrapartida ao Indivíduo em sua Totalidade, que podemos chamar de Eu-Sou ou Si-Mesmo.

outra forma de representar a mesma coisa: o Indivíduo

Quando temos a intenção de cuidar (terapia) de um Indivíduo ou ajudá-lo em seu desenvolvimento através de métodos educacionais (educação), o primeiro passo é se propor a conhecer este Indivíduo para poder ajudá-lo para que ele mesmo possa transformar seus aspectos internos que estão em desequilíbrio com o seu Eu-Sou, ou então conhecer os aspectos positivos para que possamos fomentá-los.

Isso implica em conhecermos esse Indivíduo, cada vez mais e melhor, para termos maiores condições de cuidá-lo ou educá-lo, então podemos ter na PSICOMOTRICIDADE uma importante, poderosa e valiosa ferramenta que nos auxilie neste objetivo, que é PROMOVER O DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DO INDIVÍDUO  ou a sua INDIVIDUAÇÃO, como diria, Carl Gustav Jung.

lino

 Prof. Lino Azevedo Júnior

 

 

#educaçãofísica #pedagogia #psicopedagogia #psicomotricidade #terapia #psicoterapia

Saiba quais são os 7 passos para prescrever as suas atividades psicomotoras!

Receba eBook GRÁTIS em seu e-mail