Psicomotricidade: Dominância Lateral

Dominância lateral é a preferência que uma pessoa dá em utilizar um determinado lado do corpo para desenvolver seus movimentos corporais.

Uma pessoa dá preferência em usar um lado de seu corpo para fazer certos movimentos pois se sente mais segura, tem maior domínio sobre esses movimentos que acabam por gerar maior eficácia na sua funcionalidade ou utilidade prática.

Quanto mais a pessoa se utiliza de um lado para executar seus movimentos, mais eles vão se aprimorando, mais ênfase ela dará a um lado, que passa a ser dominante.

Assim uma pessoa é considerada “Destra” por utilizar a “mão direita” para escrever, desenhar, manipular talheres e desenvolver outras atividades que necessitem do braço-mão direito.

Mas para escrever a pessoa não se utiliza somente da mão, mas de todo o corpo, que colabora com o ato de escrever.

Por exemplo, as pernas, que também podem ter a sua dominância lateral, dão a sua contribuição com o equilíbrio do corpo, embora possam “não estar em movimento” e considerarmos que não estão envolvidas “diretamente” com os movimentos das mãos.

Já o olhar tem uma participação direta no ato de escrever. Para a participação coordenada entre olhos e mãos chama-se de “Coordenação Óculo-Manual”.

Para a participação do sistema visual com os movimentos corporais de todo o corpo, podemos chamar de “Coordenação Viso-Motora”.

Portanto no ato de escrever temos a participação da “Coordenação Viso-Motora” que é mais ampla e que envolve a “Coordenação Óculo-Manual” que é mais específica.

O sistema auditivo com a sua “Dominância lateral” também participa no ato de escrever e se coordena com todas os outros sistemas biológicos-corporais visando o sucesso do ato de escrever.

Fica evidente então que o ato de escrever não é uma ação isolada do corpo, e que envolve também a psique, então o ato de escrever pode ser tipificado como uma “Atividade Psicomotora”.

 Dominância Lateral: Genético ou Cultural?

Um padrão de “Dominância Lateral” pode fazer parte da programação do DNA que a criança traz consigo quando nasce. Mas pode também ser alterado e desenvolvido por influências culturais e/ou educacionais.

Uma criança que nasce com preferência para escrever com a mão esquerda pode ser forçada a escrever com a mão direita, contrariando sua programação natural.

Isso pode gerar alguns problemas na coordenação óculo-manual, pois se a dominância dos olhos for esquerda e ela for “forçada” a escrever com a mão direita em detrimento do lado dominante, isso pode gerar dificuldades na escrita pois pode gerar uma descoordenação óculo-manual.

Observação importante: Notemos bem a expressão “pode”. Os sintomas são uma expressão de um complexo sistema, então precisamos tomar cuidado para não lidarmos com essa informação como uma relação de causa-e-efeito.

Quando uma pessoa possui uma dominância lateral do olhar, por exemplo, “esquerda”, e dos braços-mão “direito”, então diz-se que ela possui uma Dominância Cruzada.

Educação Psicomotora: Estimular os Movimentos Corporais do lado Direito ou Esquerdo?

Penso que, para um desenvolvimento ideal, os dois lados devem se desenvolver de forma equilibrada. Se há uma dominância do lado direito, devemos estimular, gradativamente e suavemente (sem forçar o desenvolvimento de um lado em detrimento do outro, com se fazia antigamente), os movimentos do lado esquerdo e vice-e-versa.

Num desenvolvimento ideal não teríamos em tese uma dominância lateral, mas os movimentos corporais dos dois lados teriam as mesmas habilidades desenvolvidas, as corporais e as respectivas psíquicas, e assim, continuaremos a fomentar o desenvolvimento do indivíduo integral de forma equilibrada.

lino

 Prof. Lino Azevedo Júnior

Minha sugestão de vídeo que contribui com o tema deste post:

Saiba quais são os 7 passos para prescrever as suas atividades psicomotoras!

Receba eBook GRÁTIS em seu e-mail... é só preencher + um clique!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *